Resenha: A Linguagem das Flores-Vanessa Diffenbaugh


Victoria Jones foi considerada inapta para adoção por ser uma criança difícil. A questão era que ela não era difícil, ela tinha medo de se apegar e ser devolvida, então começou a construir barreiras. Até que conhece Elizabeth, no começo ela ficou arredia, mas depois quis ficar com Elizabeth, mas colocou tudo a perder.
Li o livro na terceira tentativa, sempre desistia e dizia que não voltaria a ler esse livro de novo, porém sempre voltava. O livro é dividido entre presente e passado. A Vanessa criou personagens bem verossímeis que as vezes os defeitos até se sobrepõem sobre as qualidades deles.

Quando completa 18 anos ela é emancipada e por um tempo dorme  uma praça até conseguir emprego em uma floricultura e começar a usar a linguagem das flores para ajudar os clientes. Então, no mercado das flores ela conhece Grant e todos seus fantasmas do passado voltam.

Em  muitas momentos do livro eu quis esganar a victoria em outros eu quis ajudar. O livro é sobre amor próprio, perdão e recomeços.
Super indico a todos.

2 comentários:

  1. Nossa,amiga!
    Acredito mesmo na linguagem das flores,
    todas querem nos enviar uma mensagem,
    nos transmitem um sentimento diferente!
    Ótima dica,amiga!
    http://www.elianedelacerd.com
    Bom final de semana!

    ResponderExcluir
  2. Oi Lola,
    Esse livro parace bem interessante para refletir.
    Bom final de semana!
    Big Beijos
    Lulu on the Sky

    ResponderExcluir

Web Analytics